SUBLUXAÇÃO
Poder das Mãos Web
Redes Sociais
Links Úteis
NOTÍCIAS
Hidradenite (hidrosadenite)

 

Hidradenite (hidrosadenite)
 
O que é?
 
É uma infecção bacteriana das glândulas sudoríparas apócrinas. A obstrução do ducto glandular com retenção de suor pode ser o fator facilitador da infecção. 
 
Manifestações clínicas
A doença ocorre nas axilas, regiões perianal e pubiana, virilhas e mamas, locais onde são encontradas as glândulas apócrinas. Caracteriza-se por um nódulo avermelhado e doloroso, semelhante a um furúnculo. Pode ser pequeno e pouco inflamatório ou grande com muita inflamação, vermelhidão e dor. A ruptura da lesão deixa sair pus mas, nem sempre, isto é suficiente para a sua regressão.
Podem ser uma ou várias lesões e a evolução varia, podendo ocorrer um único episódio ou vários, se repetindo ao longo da vida. Nestes casos, as lesões que se rompem acabam deixando cicatrizes fibrosas nos locais afetados (foto abaixo).
 
Tratamento
Como a obstrução do ducto glandular pode estar associada ao surgimento da hidradenite, deve-se evitar o uso de desodorantes anti-transpirantes, depilação e raspagem dos pêlos com gilete. No caso das mulheres, deve-se apenas cortar os pêlos bem rente à pele. O tratamento é feito com antibióticos locais e sistêmicos. Nas lesões maiores, geralmente muito dolorosas, pode ser feita a drenagem da lesão, facilitando a saída do pus e diminuindo a dor. 
Quando a doença apresenta episódios de repetição, pode ser realizado tratamento cirúrgico, com o esvaziamento glandular, quando as glândulas sudoríparas da região afetada são retiradas. O médico dermatologista é o profissional qualificado para indicar o melhor tratamento para cada caso.