SUBLUXAÇÃO
Poder das Mãos Web
Redes Sociais
Links Úteis
ARTIGOS
Sentir dores musculares na gravidez é normal?
Sentir dores musculares na gravidez é normal?
 
Sentir dores musculares na gravidez é normal embora muito desconfortável
As dores musculares durante a gravidez são muito comuns e bastante diversificadas, verificando-se emvárias partes do corpo. São mais frequentes nas pernas, nas costas e ao nível da barriga, resultando, em parte, do aumento de peso associado à gestação.
Algumas das dores musculares associadas à gravidez, designadamente as que se experimentam na zona da pélvis, estão relacionadas com a produção de uma substância, por parte da placenta, que amolece asarticulações. Este processo visa o favorecimento do parto natural, promovendo a abertura da pelve para a saída do bebé. Ora o amolecimento das cartilagens e ligamentos dessa zona acabará por contribuir para o aparecimento de dor nas zonas da pélvis e da virilha. Em consequência do mesmo processo também poderão verificar-sedesconfortos no fundo das costas – mas essa dor de foro púbico não deve ser confundida com a dor ciática, já que raramente esta se verifica durante a gravidez.
A pressão do útero, que aumentará progressivamente com o crescimento do feto, exerce influência sobre os diversos órgãos abdominais, sendo portanto usuais as dores musculares nesta zona.
Dores associadas à gravidez
As dores de costas são também assazregulares durante a gravidez, motivadas essencialmente pelo aumento de peso. A coluna é chamada a suportar um volume maior de peso, o que deslocará o eixo de equilíbrio do corpo, causando dores sobretudo nas regiõeslombar e cervical. Assim, quanto maior for o aumento de peso durante a gestação, mais hipóteses há de se registarem mialgias na zona lombar.
As pernas também se ressentem do aumento de peso, especialmente quando as mulheres ficam demasiadas horas em pé ou sentadas. Nalgumas mulheres a gravidez motiva um inchaço dos membros inferiores, o que agudiza o processo doloroso.
Como minimizar as dores durante a gravidez?
Para minimizar os desconfortos e evitar o aparecimento de algumas destas dores musculares, durante a gravidez, leia as seguintes recomendações:
Mantenha uma alimentação equilibrada que lhe permita fazer um controle de peso, sem prejudicar o crescimento do feto;
Pratique exercícios físicos adequados, sempre sob orientação médica, pois assim estará a fortalecer a musculatura corporal e a prepará-la para os esforços suplementares;
Corrija os maus hábitos de postura, protegendo assim a sua coluna e garantindo que esta se encontra mais equilibrada;
Procure dormir numa posição correcta, preferencialmente de lado, com as pernas levemente dobradas – para ajudar a manter a posição num ponto confortável poderá usar almofadas suplementares;
Evite levantar pesos excessivos e sempre que pegar em algo mais pesado agache-se primeiro, para segurar o objecto, ponha-o ao colo e levante-o usando a força das pernas e não da coluna;
Evite executar movimentações bruscas que possam lesionar a zona da coluna ou opescoço;
Nunca tome medicamentos sem prescrição médica – este é um princípio que assume vital importância durante a gravidez, de modo a não afectar o bom desenvolvimento do feto. Os anti-inflamatórios, por exemplo, podem causar malformações de âmbito cardio-respiratório, se usados em doses excessivas.
Evite andar muito ou ficar demasiado tempo em pé ou sentada. Não se iniba contudo de dar uns passeios, que serão uma boa maneira de se manter em forma durante a gravidez.
E resumidamente o que deve saber sobre dores musculares durante a sua gravidez é que acabamos de escrever, se persistirem dúvidas consulte o seu médico.